sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Noot Seear Fala Sobre Twilight

A nossa futura Heidi falou com a Style sobre como a sua fama mudou de modelo para atriz. la também fala um pouco sobre a sua adolescência, suas paixonites e como ela espera lidar com o sucesso que virá com a sua participação nos filmes da Saga Twilight.

A história da modelo-que-virou-atriz está batida, sem dúvidas. Para cada Charlotte Rampling ou Penélope Cruz, há uma Cindy Crawford em Fair Game, o sine qua non dos maus movimentos de carreira. O júri está ainda em Noot Seear, mas isto é só porque Seear, o brilho de inúmeros desfiles e campanhas, não será visto em seu primeiro papel interino até o Novembro. É quando New Moon, a continuação de Twilight, é lançado — ou, para colocar de outra forma, é quando Noot Seear pode esperar para fazer o salto de atriz-que-virou-modelo à caça dos paparazzi. No filme que está para vir, Seear interpreta “uma pescadora”. “Ela é tipo uma sereia,” explica Seear sobre seu personagem. “Ela atrai turistas para trazê-los e alimentar à sua gente. Basicamente, ela é a isca humana.” O papel é pequeno mas vital, e no mês passado, a natural de Vancouver de 25 anos sentiu o primeiro gostinho do pandemônio relacionado a Twilight quando ela se juntou a Robert Pattinson e a gangue na Comic-Con. Aqui, Seear fala com a Style.com sobre os modos diferentes de trabalhar uma câmera, aproveitando o que sobrou do seu anonimato, e ser uma jovem apaixonada.

Você vem modelando desde que tinha 13. Todos esses anos em frente das câmeras trabalhando, foi como uma vantagem ou desvantagem para sua transição para atuar?
Os dois. A vantagem, em especial, é que estou acostumada a estar na frente das câmeras. Eu fico confortável com pessoas em volta e gravar com luzes no meu rosto, e eu tenho esse estilo de vida, fazer um trabalho e depois voar para a próxima rodada de castings. Existem semelhanças. O grande obstáculo é que quando você modela tudo é apenas sobre envolver a câmera. enquanto que em atuar, você tem que se treinar para não notar a câmera, e apenas estar na cena, com os outros atores. Mas isso é o que eu fui treinada para fazer. Eu não estou chegando nisso totalmente despreparada.

Você já tinha lido os livros de Twilight antes de ir para seu papel?
Não, na verdade. E apesar de o primeiro filme ter saído no mesmo tempo que ouvi sobre o papel, eu ainda não tinha uma idéia clara da grande produção que era e o insano número de seguidores que tinha. Não tinha me caído a ficha até a Comic-Con. Quero dizer, as pessoas dormiram lá fora a noite toda apenas para ver o elenco de relance, e então, sabe, nós vamos para este auditório, e é mostrado um clipe desse filme e os fãs gritam tipo, o barulho mais alto que eu já ouvi. E os gritos parariam por um minuto, e em seguida Rob [Pattinson] tiraria seu cabelo da frente de seus olhos ou algo assim, e isso era tudo que precisava para a gritaria recomeçar.

Você olha para Robert Pattinson e pensa, nossa, essa vai ser minha vida em poucos meses?
Eu não tenho certeza que será a mesma coisa. Minha parte é relativamente pequena, e então eu não volto até o quarto filme, então eu gostaria de pensar que eu posso ficar sob os radares. Toda essa fama, quero dizer, eu sei que é algo com que Rob tem lutando, porque aconteceu tão rápido com ele e de uma forma tão massiva. Gostaria de ser capaz de andar pela minha rua sem ser reconhecida, e não gosto que pessoas saibam das minhas coisas. Então o que eu prefiro, ao invés de ir para algum grande filme depois, construir minha carreira devagar. Bons roteiros, bons diretores. Eu consegui ter longevidade como um modelo, porque eu nunca me expus demais. Eu estou esperando que eu possa ter o mesmo tipo de carreira como atriz.

Espere, então você já leu a saga Twilight até agora, sem dúvida?
Eu os leio nos aviões. Eu acho que há alguma coisa em voar que aumenta a emoção, porque eu estava literalmente chorando ao longo de cada um dos livros. Voando e chorando. Eu tenho certeza que as pessoas achavam que eu era louca.

Você entende o que torna as adolescentes tão fanáticas por esses livros?
Quero dizer, tinha alguma coisa na sua vida, naquela idade, que era como eles?É muito embaraçoso, eu não posso dizer.

Vamos lá. Eu confesso a minha própria obsessão por Anne of Green Gableslivremente.
Livros e minisséries.Saved by the Bell. Quero dizer… Zack Morris. Aquele loiro? Eu tinha pôsters, a coisa toda. Acho que ainda sou uma grande fã de Zack Morris. Eu provavelmente enlouqueceria se visse ele em uma festa. O que esse cara está fazendo agora?

Você sabe que haverá um reencontro, certo?
Há um reencontro?

Então, espere um pouco, você tem 13, e você termina um longo dia de filmagem, por exemplo, Mario Sorrenti, e depois você volta para seu apartamento em Nova York e assiste fitas de Saved by the Bell e pratica assinar o seu nome “Noot Morris ” até a hora de dormir?
Estou tendo dificuldades em imaginar isso.Bem, “Saved by the Bell” meio que veio antes de Nova York. Mas houve um pouco disto. Era muito confuso, sendo tão jovem e ser jogada naquele mundo adulto. Eu sai com um monte de pessoas mais velhas, e eu cresci rapidamente. Eu meio que fui criada pela moda. E um pouco daquelas coisas adolescentes, simplesmente perdi. Mas, sabe, como todos de 14 anos de idade, tive algumas paixões secretas por pessoas que provavelmente não sabiam que eu existia.

Paixões secretas por quem?
Eu nunca, nunca vou dizer isso.

Via: Foforks

Só uma coisinha, geeente... queeem não choro lendo a saga? Em ao menos um capitulo... Comentem... Você choro lendo a saga? Em que livro? Em que Capitulo?

1 Comentário:

danielle disse...

CHOREI QDO LI E QDO RELI. LUA NOVA, ECLIPSE E AMANHECER. QUEM NÃO CHORARIA? EH TUDO QUE QUERIAMOS NA NOSSA VIDA COMO TANTOS OUTROS LIVROS DE PERSONAGENS ALTAMENTE INTERESSANTES. MAS BELA E EDWARD PUTZ....

Template Rounders modificado por .:Arkanoidblue:.
| 2009 |